terça-feira, janeiro 01, 2008

OPINIÃO...

Sou fumador...
Fumo porque quero e porque gosto...
Tenho o direito de fumar
e não sou criminoso por isso...


A partir de hoje restringiram-me certo momentos de prazer, como o desfrutar de um cigarro enquanto bebo um café ou um licor Beirão, paciência.

Infelizmente, já devia estar habituado a certas coisas com pouco nexo, afinal vivo em Portugal.
Há alguns meses foi a nova lei do Aborto, agora a nova lei do Tabaco. Qual será a nova lei que se seguirá???

Eu por mim, apesar de não concordar com a totalidade desta nova lei, vou respeitá-la. Além de ter sido educado para respeitar as leis como bom cidadão, a minha profissão também me "obriga" fazê-las respeitar.

Mas o que me deixa revoltado, é que ainda hoje começou e há poucas horas fui ao café que frequento diariamente e privei-me do meu vicio, apesar de estarem 3 pessoas sentadas numa mesa a fumar, sem que nada acontecesse... Por hoje passa (pensei), mas da próxima vez acho que usarei do meu direito de reclamar, porque se eu estou privado de o fazer, porque razão os outros o fazem?

Afinal, a lei vai ser para cumprir?????

7 comentários:

dj rick disse...

Tens toda a razão quando dizes que tens o direito de fumar, mas por outro lado, os outros também têm o direito de usufruir de um café sem estarem a ser intoxicados com o fumo alheio! Enfim, sabes bem que sou fumador, e também adoro fumar um cigarrito depois de comer, ou do café, ou com um copito. Vai ser duro, mas enfim, é a lei, e eu por acaso concordo com ela. Vou passar a ir mais vezes ao café e jantar fora, pois tenho agora mais garantias de que não me envenenam os filhos com fumo. Quanto ao reclamar, acho que deves fazê-lo, se a tua consciência o ditar, e se te incomodar.

Grande abraço

lumadian disse...

... eu recordo-me que há 20 anos ou mais, os pais fumavam em casa, à mesa, junto dos filhos. O meu também o fazia e hoje ainda aqui estou!
Também sou a favor de não se fumar junto de quem não é fumador, mas para isso é necessário que se crie condições para os que fumam. Infelizmente só se pensa nos não-fumadores, como se um fumador não fosse um ser humano com os mesmos direitos.
Não estou contra a lei, estou contra a forma como ela está feita. Tal e qual como a lei do aborto.

dj rick disse...

E tens dúvidas de que hoje fumas porque o teu pai fumou ao pé de ti, tal como o meu, e provavelmente também os nossos filhos assim o farão? Admitamos, somos uns toxicodependentes. E tal como se aperta o cerco para as drogas ilegais, é natural que também aconteça para as legais, como o álcool e o tabaco... A única diferença é que as drogas ilegais dificilmente irão acabar porque há países que vivem da sua produção e exportação...

dj rick disse...

E é óbvio que temos todos os mesmos direitos, toxicodependentes ou não...
...quanto a isso de tu seres um ser humano é que tenho as minhas dúvidas!...

Luz disse...

Lumadian,

Isto foi o que te disse no blog do Miguel:

Lumadian,

Então eu sou idiota e ignorante, porque concordo que não se fume em locais fechados, e explico porquê:

Eu não fumar não prejudica a saúde de ninguém, mas os outros fumarem prejudica a saúde de muitos. Eu para além de bronquite asmática tenho uma insuficiência pulmonar, já fiz infelizmente várias estadias em cuidados intensivos, que só têm por finalidade tratar crises, porque esta minha patologia é crónica. O meu filho infelizmente herdou a minha bronquite, é uma criança que tem de ter acompanhamento médico muito regular, com 1 ano de idade já necessitava de broncodilatadores e aos 6 (idade que tem agora) usa as chamadas bombas de pó (discus).
O fumar que não é crime, a mim põe-me nos cuidados intensivos e ao meu filho põe no hospital. À nossa semelhança há muitos. Pessoas com problemas ainda mais graves, pessoas só com 1 pulmão, etc.
Como eu sou daquelas idiotas e ignorantes, acho muito mais justo que sejam os fumadores, que prejudicam a nossa saúde, a deixar de fumar, do que nós que não prejudicamos a de ninguém a ter de deixar de frequentar certos locais mais de x tempo, porque é isso que tenho feito a minha vida toda.
Tenho um marido que fuma, mas que não fuma dentro de casa por razões óbvias e lamento constatar que até ele sendo fumador (e muitos outros) também sejam idiotas e ignorantes, por concordarem com a lei.

Luz

E gostava de acrescentar em relação a esta frase "eu recordo-me que há 20 anos ou mais, os pais fumavam em casa, à mesa, junto dos filhos. O meu também o fazia e hoje ainda aqui estou!" que:
Porque temos de continuar a fazer o que está errado e a prejudicar os outros?
Se o teu pai matasse ias matar só porque ele fazia? Claro que não (acho)!
Quem não fuma não te prejudica.
Se fumas em casa, tendo filhos, como profissional de saúde lamento que faças e como pessoa nem se fala.

Luz

lumadian disse...

Parece-me que este tema mexeu com os sentimentos de muita gente.
Parece também que fui mal interpretado num comentário que fiz a uma postagem, referindo-me a quem governa este pais e faz as leis e não a ninguém em particular.
Não tenho prazer nenhum em andar aqui a ofender quem não conheço, jamais o faria e tal comportamento não se enquadra na minha forma de ser.

Tolas disse...

Ah pois, e quando chamavas as pessoas à janela do teu quarto e depois fechavas a janela!!! Achas isso bonito? E vomitares para fora dum carro em movimento no tabuleiro da ponte, tornando o piso escorregadio e poluindo o rio em baixo, a que é que chamas isso??!! POis, pois!!