segunda-feira, Agosto 10, 2009

HOMOSEXUALIDADE

Li há poucos dias numa revista de moda, que a homosexualidade é o futuro do sexo!

Sinceramente concordo (não sou, jamais serei, mas respeito), não é por acaso que cada vez mais e finalmente, as mentalidades dos povos se vão abrindo.


Quem andar menos distraído pelas ruas, decerto irá observar cada vez mais pessoas homosexuais, isto para não falar daqueles que passam por nós e jamais saberemos a sua preferência sexual. Mas para mim, onde eu noto um maior crescimento da homosexualidade é nas mulheres( o que denota um verdadeiro bom gosto ), talvez pela maior cumplicidade, pelo melhor entendimento do seu corpo e decerto pela maior sensibilidade que possuem.

Depois de alguma pesquisa encontrei certos pensamentos escritos por cristãos, onde descrevem a homosexualidade como algo abominável.

" A homosexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atracção sexual, exclusiva ou predominante, por pessoas do mesmo sexo. A homosexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua génese psíquica continua amplamente inexplicável. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a tradição sempre declarou que os actos de homosexualidade são intrinsecamente desordenados. São contrários à lei natural. Fecham o acto sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afectiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados. "

ok, ok... quem será que escreveu isto...
Mas li coisas ainda mais absurdas!

" Deus fez o ser humano tão perfeito e o próprio organismo do homem condena a homosexualidade. Uma mulher homosexual nunca poderá conceber, muito menos um homem dar a vida a uma criança! O próprio acto sexual coloca em desordem as leis da natureza divina. Não há como não acreditar nos argumentos biológicos e naturais do ser humano, em relação às perguntas dos homosexuais! Deus é perfeição! "

Pois é, ainda existe gente que pensa assim...

Não é preciso compreender a homosexualidade para perceber que todo o preconceito tanto para a escolha deles, como para o casamento entre eles se trata de uma questão básica de liberdade individual e que além de terem de passar por um processo penoso, mas compreensível com as suas famílias, parece-me estúpido que um homosexual ainda tenha de convencer uma sociedade inteira dos motivos em casar-se e pedir por favorzinho, para o(a) deixarem ser feliz.

Até já houve uma campanha de mulheres
revoltadas com a homosexualidade...

Se pensarmos bem, a homosexualidade está presente na nossa vida diariamente e em pequenos detalhes que nem nos apercebemos...

...aqueles que viajam nos autocarros da Carris e vindo não se sabe de onde ouve-se:

"Ó chefe abra atrás"

Claramente que quem diz isto é um corajoso!

Agora a sério, vamos mas é viver a vida respeitando-nos uns aos outros seja qual for a orientação sexual de cada um!

3 comentários:

disse...

Concordo ctg... até porque é assustador imaginar aquele homem moralista, bem casado e assumidamente resolvido que se transforma de noite para ir em busca de aventuras homosexuais em segredo. Estes sao individuos frsutados que assustam... e acredito que haja muitos por aí!!!
O futuro da humanidade passa pelo respeito e pelo combate ao preconceito.

lisluakin disse...

Como disse a Bé é verdade que a maioria dos que julgam , julgam porque eles tb o são , somente que o medo de «revelarem -se» os torna mais preconcetuosos do que as restantes pessoas.
O medo de serem julgados e condenados pela sociedade e pelas suas famílias ; bem como dizia Nietzsche « o inferno são os outros » , porque infelizmente a maioria de nós vive a sua vida atráves do que os outros pensam e ditam como certo em vez de simplezmente tentarem viver as suas vidas e ser feliz .

Su disse...

Acredito que ainda existe muitas pessoas que condenam este acto...
Os homossexuais já alguns anos conquistaram seu espaço e discriminação sempre vai existir, como com as prostitutas,drogados,os pretos e mais...Agora a falta de respeito que constantemente vivênciamos sim,isto é que devemos banir.