segunda-feira, janeiro 18, 2010

SEVERN SUZUKI

Severn Cullis-Suzuki (30 Novembro 1979, Vancôver, no Canadá) é uma activista, escritora oradora de temas ambientais.

É possivel que não saibam quem é, porque não aparece na televisão nem nas revistas, mas ficou conhecida aos 12 anos de idade, quando silenciou a ONU num discurso no Rio de Janeiro durante a ECO92.

As suas palavras na altura, parecem tão actuais agora como o eram em 1992.
Já passaram 18 anos e afinal o que mudou?




Eu falei por seis minutos e recebi uma aclamação de pé. Alguns dos delegados gritaram mesmo. Eu pensei que eu tinha alcançado algum deles com o meu discurso. Agora, dezoito anos mais tarde, depois de ter participado em mais conferências, eu não estou certa que o tenha conseguido. Minha confiança nos povos, no poder e no poder de uma voz foi agitada profundamente.


Quando eu era pequena, o mundo era simples. Mas como um novo adulto, eu estou aprendendo que como nós temos que fazer a escolha -instrução, a carreira, estilo de vida- a vida começa cada vez mais complicada. Nós estamos começando a sentir a pressão de produzir e ser bem sucedidos. Nós estamos aprendendo uma maneira nova de olhar o futuro a curto prazo, centrando sobre termos de quatro anos do governo e relatórios de negócio trimestrais. Nós somos ensinados que o crescimento económico é progresso, mas nós não somos ensinados a como levar a cabo uma maneira feliz, saudável ou sustentável de vida. E nós estamos aprendendo que aquilo que nós pensámos para nosso futuro quando tínhamos 12 anos era idealista e ingénuo.

A mudança ambiental real depende de nós. Nós não podemos esperar nossos líderes. Nós temos que focalizar quais as nossas próprias responsabilidades e em como nós podemos fazer a mudança acontecer.

5 comentários:

Hiago disse...

esse texto foi ela quem escreveu ou foi você ??

Corretíssimo!!

Cada um faz a diferença, creio que mudar o mundo seja impossível...mass

Mistura Verde disse...

Essa mulher, quando ainda criança teve a atitude que muitos adultos não possuem. Ela mostrou o que pensa para o mundo, há quem duvide que o texto do discurso seja dela, mas pouco importa o de quem era, ela acreditou nele e o pronunciou para o mundo.
Hoje ela ainda acredita no mundo que muitos já deixaram de crer.
Precisamos de pessoas assim, jovens ou não, sempre é tempo de propagar novas e boas idéias.

Abraço!

Sid disse...

eu vi o video ontem e hoje decidi ir procurar mais sobre a miuda que discursou que hoje já é uma mulher feita e como um comentário que fizeram no video: 18 anos depois o que mudou?

Sid disse...

eu vi o video ontem e hoje decidi ir procurar mais sobre a miuda que discursou que hoje já é uma mulher feita e como um comentário que fizeram no video: 18 anos depois o que mudou?

Loreni disse...

Essa é grande questão: perguntamos e o que mudou depois de 18 anos? Afinal o que FIZERAM? Come se cada um de nós não tivesse nada a ver, como se tudo dependesse apenas do governo. Acontece que a mudança deve acontecer em cada um de nós, em cada dia,em cada atitude,quando desperdiçamos água, comida...quando compramos coisas por impulso e não usamos e jogamos fora... quando largamos aquele "simples" papel de bala no chão porque não havia uma lixeira comodamente instalada na nossa frente!!! Pensem!