sexta-feira, Junho 13, 2008

REFLEXÃO - OS JOVENS DE HOJE


Já pararam para olhar bem nos jovens de hoje?
Quando digo jovens, falo na faixa etária dos 12 aos 18, costuma dizer-se que os jovens de hoje são os homens de amanhã.
Então se assim for, o amanhã preocupa-me...

Pois bem, uma grande percentagem dos jovens masculinos tem tendências femininas, outra grande percentagem só está bem a fazer algo de errado, porque só é fixe quem faz "merda".
Uma pequena percentagem tem educação e comporta-se como jovem normal.

Quanto ao sexo feminino, ainda pior... a maioria está inquieta para provar o "fruto proibido" cada vez mais cedo, mas depois de provar um, acha que os outros são diferentes, então fazem "salada de frutas". Uma boa percentagem delas também prefere raparigas (isso até compreendo...).

Os jovens de hoje, vestem mal, muito mal mesmo. Tem maus hábitos alimentares, bebem cada vez mais álcool , consomem mais drogas, ouvem música que incentiva à violência, respeitam menos as pessoas, os idosos, as autoridades e até os próprios pais.

Os jovens de hoje tem o privilégio de ter quase tudo o que querem. Nunca precisaram de esperar pelo natal para ver se ganhavam aquela bola de futebol que há 2 anos tanto sonham ter. Hoje em dia com 5 anos já navegam na internet, aos 10 já fumam charros e aos 15 já só fazem o que querem e algumas já fizeram aborto.

Sou sincero, comparando os jovens do meu tempo com os de agora, fico preocupado com o futuro não só do pais, mas do mundo em geral. Preocupa-me também pelo facto de ser pai, de saber que tenho um papel de relevo para a educação dos meus filhos e sei também que uma parte da culpa dos jovens de hoje ser assim deve-se aos pais, ao dia-a-dia agitado que a maioria dos adultos tem hoje. Mas os pais tem de arranjar tempo para os filhos, tempo para lhes incutir os valores que são necessários para serem pessoas integras.

Mas resta-me ter esperança que nestes jovens de hoje, ainda seja possível fazer homens responsáveis para o amanhã. Até porque ainda existem jovens de futuro.

2 comentários:

pandora disse...

Há sempre tempo para os filhos, por muito atarefado que seja o dia. Se um pai pode tirar da sua boca para que o filho não passe fome, mais fácil será perder o pouco tempo que tenha para o lazer, para compartilhá-lo com o filho.

Brunna Rosa disse...

Se os jovens de hoje, são assim, como serão os filhos destes jovens amanhã??