terça-feira, outubro 14, 2008

CAMPANHA DE McCAIN



Durante uma sessão de perguntas com eleitores do Minnesota, uma apoiante de John McCain disse que Barack Obama é árabe. A resposta do candidato republicano e adversário de Obama foi pronta. McCain tirou o microfone à apoiante e disse que Obama é um cidadão honesto e um homem de família.

---------------------- / ------------------

Existe uma grande confusão entre "árabe" e "muçulmano". Nem que Obama quisesse ser árabe, não conseguia, porque é filho de um queniano e de uma americana.

A campanha de McCain está a ser gerida por amadores e se dúvidas haviam ficaram bem expostas nesta fantochada... É muito amadorismo. Será que os árabes não podem ser honestos e chefes de familia?...vai lá vai, com directores de campanha destes quem precisa de inimigos?

A senhora que aborda McCain é a prototipa de americana ignorante e facciosa, e contra isto não há nada a fazer. Agora, a resposta de McCain é absolutamente, desastrosa, para um politico que quer ser presidente da maior potência ocidental e pretende ser a guardiã dos valores ocidentais e da paz. Imaginem o que é que um árabe, neste momento, pensa deste desastrado. Se havia ainda algum árabe que dava o benefício da dúvida aos americanos, MCCain encarregou-se de o empurrar para o outro lado. Antes a América distiguia o eixo do mal do eixo do bem, se algum país não se pusesse de cócoras perante as suas exigências. Com MC Cain o conceito de mal alongou-se: Agora basta ser árabe, já não é decente nem bom pai de família.

Não acredito que Obama seja o milagroso capaz de melhorar o mundo, até porque nos dias de hoje não acredito mais em politicos, mas acredito que consiga ser melhor que Bush e McCain

1 comentário:

Elisabete disse...

Para a História dos Negros Obama será uma grande vitória... e negro para festejar poder....já sabes!!!