sexta-feira, novembro 07, 2008

A JUSTIÇA TARDA...E TAMBÉM FALHA


Autarca perde mandato no âmbito do processo “saco azul”
Fátima Felgueiras condenada a 3 anos e 3 meses de prisão com pena suspensa


Fátima Felgueiras foi condenada a três anos e três meses de prisão com pena suspensa e à perda de mandato no âmbito do processo do “saco azul” que hoje foi lido no Tribunal de Felgueiras. A autarca foi condenada por três crimes: um de peculato, um de peculato de uso e um de abuso de poder.

Este é o balanço final do processo do “saco azul”, que acabou por se traduzir na absolvição de 13 arguidos e numa condenação quase simbólica da autarca, para quem o Ministério Público pedia a condenação "no mínimo de sete anos de prisão" e reclamava a devolução à Câmara de Felgueiras de quase um milhão de euros.

À saída da sessão, Fátima Felgueiras disse que respeita mas não concorda com a decisão do juiz.

“Sempre falei verdade. Em Felgueiras nunca existiu corrupção”, comentou a autarca, segundo a qual o que se passou foi uma “monstruosidade criada por interesses, ódios e vinganças”. “O que disseram sobre mim ao longo destes dez anos é tudo falso”.

O recurso que Fátima Felgueiras vai apresentar da condenação à perda de mandato que hoje foi determinada pelo Tribunal de Felgueiras terá efeitos suspensivos, segundo a defesa da autarca, que afirma que esta se mantém em funções até ao final do mandato.

O advogado de Felgueiras, Artur Marques, adiantou à Lusa que tal garantia decorre dos prazos normais do recurso, o que faz com que a decisão possa demorar mais um ano. "A nossa aposta é, no entanto, a da total absolvição dos três crimes a que foi condenada", afirmou, aludindo aos três anos e três meses de prisão, com pena suspensa.

Artur Marques sublinha que a perda de mandato incide apenas no que está a ser cumprido actualmente, que termina em 2009, pelo que, se Fátima Felgueiras se recandidatar e vencer as eleições, poderá exercer o novo mandato, mesmo que o Supremo Tribunal decida desfavoravelmente quanto ao recurso.

Opinião:
Vergonha absoluta para a justiça deste país. Em Felgueiras que a apoia, elege e defende, têm o que merecem. A pena é só para nós, todos os outros, que pagamos em impostos para tão más decisões

1 comentário:

Elisabete disse...

É mesmo uma grande vergonha!!!!