sexta-feira, novembro 07, 2008

ADEUS A RUTE CRUZ

“Acredito no destino, enquanto algo que é comandado por Deus”. Quis o destino que Rute Cruz partisse desta vida aos 28 anos. A jornalista e pivot da “TVI” faleceu ontem, vítima de doença prolongada, no Hospital São Francisco Xavier.

Acabar o mestrado e escrever uma novela eram alguns dos planos de Rute Cruz . O futuro era promissor e o sorriso denunciava isso mesmo. Amante da vida e da sinceridade, a jornalista do “Diário da Manhã” tinha uma personalidade forte. “Rio-me por tudo. É preciso estar doente para não o fazer. A vida é uma bênção tão grande e somos tão privilegiados que andarmos de cara feia é um desperdício”, contava a pivot da “TVI”, antes de prever o seu futuro. “Prevejo o meu futuro brilhante e fantástico (…)”, disse.

Foi precisamente uma doença que “levou” Rute para perto daqueles que nunca esqueceu: “Tive uma dificuldade enorme em ultrapassar a morte dos meus avós. Continuam a ser as pessoas que mais me marcaram na minha vida. São inesquecíveis, inultrapassáveis e hoje, depois de ultrapassar a tristeza da falta, fica a saudade da presença”.


A TVI está de luto. Rute Cruz, jornalista da estação e pivô do ‘Diário da Manhã’, faleceu ontem, aos 28 anos, vítima de doença oncológica.

"A Rute vai ficar para sempre na minha memória. É um exemplo de coragem", disse o director-geral da estação, José Eduardo Moniz, na Madeira, lembrando-a como "uma pessoa de uma enorme alegria". A jornalista, que durante três anos trabalhou como repórter no ‘deLuxe’, "foi uma aposta nossa. Ela cresceu na TVI", lembrou Moniz.

Rute Cruz era pivô do ‘Diário da Manhã’ desde Janeiro de 2007. Nove meses depois deixou a dupla que fazia com José Carlos Araújo devido a uma paralisia facial. Durante o último ano fez vários tratamentos. Morreu na madrugada de ontem no Hospital de São Francisco Xavier.

Mónica Jardim, repórter do ‘deLuxe’, lembra a amiga como "uma óptima jornalista, com uma enorme vontade de vencer". "A nível profissional o que ela mais queria era chegar a pivô. E conseguiu", recorda Mónica, acrescentado: "Tive muita sorte e agradeço por a Rute ter feito parte da minha vida."

A dor foi sentida por todos. Ontem, no intervalo do ‘Jornal da Uma’, Pedro Carvalhas e Susana Bento Ramos vestiram-se de luto e terminaram o noticiário com uma homenagem à "profissional que se tornou amiga e deu outra vida à TVI".

Pedro Bello Morais, pivô do ‘Jornal Nacional’ da mesma estação, diz que a jovem se destacava pela boa disposição. "Guardo uma memória muito viva dela, de uma pessoa com imensa vida e isso notava-se na antena. Mas cá fora ela tinha um registo muito mais efusivo, era uma miúda espantosa."

PERFIL

Rute Cruz tinha 28 anos e nasceu em Santarém. Licenciada em Literatura, foi hospedeira da TAP e estreou-se como jornalista na RTP 2 num programa sobre religiões. Casou-se em 2007 com Ricardo Mendes

~~~~~~

O Pequeno Mundo envia as mais sinceras condolências à família enlutada.

10 comentários:

Anónimo disse...

esta pivot era tao tao bonita..adeuss..miuda!

Maria disse...

Que noticia "de choque"... perdeu.se uma grande "menina".

bjnho.

Ana disse...

A vida é mesmo injusta!Até sempre Rute!

Anónimo disse...

a vida é feita de justiças e injustiças e a morte é uma das injustiças e o tmp k nos vivems pdms considera la justa....

A hra de Rute xgou e xperemos k parta descansada...


Ate um dia Rute Cruz ....

Bjnhs

Anónimo disse...

ate um dia rute k a tua alma deskance em paz mt beijinhos

noitedentro disse...

a Rute foi minha colega na Tap, foi com grande dor, que recebemos a noticia...perdeu-se uma vida, uma jovem promissora, sempre bem disposta e de cara alegre.
Não há de facto como gozar cada dia com alegria, porque a vida é uma benção, que sem nós esperarmos nos pode ser retirada, ou a nós ou a alguém que Amamos, ou gostamos.
Descansa em paz no teu sorriso Miúda.

FERNANDA disse...

O SEU SORRISO FICARA ETERNAMENTE GUARDADO NAS NOSSAS MEMORIAS!
ATE BREVE MENINA MULHER...
ATE BREVE MULHER CORAGEM!

Fernanda Serra disse...

A Rue sera sempre um exemplo para muitos de nos!
Mas acredito que neste momento,esta menina mulher,encontra-se em paz.
Este mundo e mau demais para alguem como ela habitar nele!
Que a sua força, a sua fe,o seu sorriso nao nos passe ao lado...!

Rute ....ate ja!

EREBOS'S disse...

Não te disse adeus... costuma ser assim... as partidas breves são as que deixam mais marcas. E contudo parece que a qualquer momento um grito estridente vai entrar por esta porta. A tua voz, o teu riso, as tuas lágrimas. De tudo sinto saudade.E fiico feliz porque sei que o sabias. Não te o disse nos últimos momentos, mas em confidências que partilhámos frisei-o bem. A vida ensinou-me a não guardar palavras de amor. Ainda não aprendi por completo. mas por ti vivi o mais completo dos amores. Fomos companheiros, amigos, irmãos. Vivemos momentos juntos, e tempos separados. Mas foda-se... não havia razão para ires desta maneira. Não merecias. Tu mais que ninguém.... não merecias.

Ainda ouço o teu rir, ainda vejo o teu rosto, os teus olhos formato de amêndoa a abrilhantar o teu sorriso gigante . Ainda me recordo da tarde em que te conheci quando ainda eras uma "pita ambiciosa" cheia de força, de alegria. Muitos riam dos teus sonhos. Eu sempre soube que chegarias longe. Porque nunca conheci ninguém com tanta força de viver como tu. Com aquela energia e querer que parecem imparáveis. Eu não a tenho, nem nunca a terei. É a roleta da vida a estragar todas as probabilidades e a levar a bola a cair 100 vezes seguidas no zero.

Demorei quase um ano a escrever isto... é difícil. As palavras fazem-me sofrer quando as debito. Quis acreditar que seria mais fácil com a distancia do tempo mas era tão lógico que não ia ser assim.

O tempo só apaga aqueles que nunca amámos. A ti recordarei sempre. Aquele sorriso, aquela garra, aquele querer, próprio dos que sabem o que querem da vida.

Invejo-os. Como te invejei a ti.

Agape Rute ... agape mou...

xinha disse...

Ficarás para sempre no meu coração, como uma mulher de força e coragem...passaram dois anos e na minha memória perdura o teu sorriso e a tua garra de vencer...mas a doença foi mais teimosa do que tu e conseguiu vencer-te...mas de certeza que neste momento tu zelas por nós e estás simplemente do outro lado do caminho...mas tenho mtas saudades tuas princesa!!!!!