quarta-feira, abril 08, 2009

SISMOS EM ITÁLIA

Vários sismos e centenas de réplicas continuam a devastar Itália.

As tendas instaladas para acolherem os desalojados, em Itália, não chegam para as dezassete mil pessoas que ficaram sem casa.

Cerca de duzentas passaram, a terceira noite consecutiva dentro de carros.

Todos se queixam do frio que se faz sentir.

“Esta noite esteve muito frio aqui e na primeira choveu muito. Felizmente temos ajuda da Protecção Civil que nos deu cobertores por isso nós e as crianças podemos aquecer-nos.”

O primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, visitou esta terça-feira o local e aconselhou os desalojados, a “encararem a situação como um acampamento de fim-de-semana”. Berlusconi acrescentou que não lhes falta nada, têm cuidados médicos e comida quente.

As tendas erguidas nos arredores de Aquila, capital da província de Abruzzo, e a ajuda dos voluntários, que na sua maioria não dormem há vários dias, são o apoio possível para os sobreviventes desta catástrofe.

O futuro é incerto já que algumas vítimas do terramoto de 1980 vivem ainda em casas temporárias.

Opinião: Pior que os sismos é ter um primeiro-ministro chamado Silvio Berlusconi que cada vez que abre a boca sai 'merda'.


4 comentários:

disse...

E a Itália não acreditou no cientista que tinha previsto este acontecimento.

Rotiv disse...

Baci e Ciao para a Sheila ;)

LopesCa disse...

Terrível :S
Sobre o Berlusconi nem comento

Anónimo disse...

Isto é um capitalista...no melhor dos mundos.