quarta-feira, março 24, 2010

NOSTRADAMUS - 2012 SERÁ O FIM?


Michel de Nostredame, ao contrário do que muitos pensam, não era astrólogo, mas sim astrónomo, conforme estudos indicam. Nostradamus utilizava o conhecimento científico da astronomia, e embora fizesse previsões, as mesmas não se baseavam em fundamentos astrológicos.

Com seus conhecimentos sobre o ocultismo e com a sua habilidade de prever o futuro, começou a escrever uma série de almanaques anuais, sendo o primeiro lançado em 1550, e passou a utilizar o seu nome em latim, de Nostredame para Nostradamus. Quando ele lançou o livro Les Propheties (As Profecias), muitas pessoas passaram a pensar que ele era o demônio e o chamavam de herege. Mas outras classes sociais aprovaram a publicação, porque suas centúrias inspiravam profecias espirituais.

Em 1 de Julho de 1566, um dia antes de morrer, Nostradamus supostamente previu a sua própria morte, dizendo ao seu secretário Jean de Chavigny: "Não me encontrarás vivo ao amanhecer". No dia seguinte, ele foi encontrado morto próximo da sua cama.


Suas profecias compõem-se de quadras em versos métricos decassílabos, reunidas em grupos de cem, dai o nome de centúrias. Foram publicadas em várias ocasiões; uma pequena parte em 1555, outra em 1557, sendo que das três últimas centúrias
conhecemos apenas edições póstumas.

Segundo os entusiastas, Nostradamus teria previsto, entre outras coisas, a queda da
União Soviética na quadra em que diz: "Um dia serão amigos os dois grandes chefes…". No entanto, os cépticos apontam que essas "previsões" só são interpretadas correctamente depois dos factos, nunca antes.

Os seus seguidores dizem que previu a Revolução Francesa, o nascimento e a ascensão ao poder de Hitler, e o homicídio de John F. Kennedy. Igualmente previu outros eventos, tais como o grande fogo de Londres (1666) e do exilado de Napoleon a alba, bem como do atentado às Twin Towers em NY
.

Embora não saibamos o que se passará connosco - uma gigantesca colisão cósmica, uma catástrofe ambiental global, um confronto religioso tipo Armagedão, ou uma transformação mais subtil - para muitos o dia 21 de Dezembro de 2012 será a data na qual ocorrerá uma mudança fundamental no nosso planeta. Não existe uma distinção convincente entre factos e a ficção pruduto da histeria. Existe ou existiu ao longo da história alguma prova concludente que o ano de 2012 será o ano de convulsão letal sem precedentes?
Desde os reinos míticos das selvas de Guatemala, os idosos Hopis ou os Xamãs maias, até os respeitados pensadores da idade moderna fizeram referência à advertência que Nostradamus sobre o dia do Juízo Final.

Verdade? Mentira?
O que é certo é que os acontecimentos dos últimos tempos, escassez de petróleo, espécies em vias de extinção, tsunamis mortais, sismos, o despertar de vulcões adormecidos, caos económico, surtos de doenças até hoje desconhecidas, ameaças nucleares e as alterações climáticas um pouco por todo o planeta. Será pura coincidência ou estará algo ainda mais terrível em vias de acontecer? Decerto que muitas perguntas ficam no ar.

Daí a questão colocada a votos neste PEQUENO MUNDO, agradeço desde já os votos e também a vossa colaboração para que deixem também um comentário com a vossa opinião.

3 comentários:

miguel disse...

Bom dia
Gostava de saber o que diz a quadra para o dia 21 de Dezembro de 2012...
Cumps

Miguel disse...

Não acredito na fiabilidade das premonições, mesmo que apoiadas por factos científicos ou não. O mundo está todos os dias em constante mudança e a sua fragilidade é tanta que qualquer atitude do Homem pode antecipar um desfecho mais crítico, fruto de tantas asneiras que fizemos ao longo de séculos de um convívio injusto para o Planeta. Se vai acabar ou não em 2012, ninguém o poderá prever, como ninguém poderá afirmar se a vida acaba amanhã ou daqui a milhares de anos. Vivemos numa época em que a mais pequena decisão deve ser muito bem pensada, atendendo às potênciais consequências de cada gesto nosso. Um simples atirar de um papel para a rua, por muito insignificante que possa parecer, poderá trazer consequências nefastas, senão para nós, para os nossos filhos e netos.

G! disse...

A decisão do CJ da FPF ele previu? ;-)

Feita a piada, se leres efectivamente Nostradamus aquilo é tão vago que está aberto a inúmeras interpretações. Não li a parte do 21/12/2012 mas duvido que venha lá escrita exactamente essa data.

Abraço benfiquista