segunda-feira, março 08, 2010

ÓSCARS - A GRANDE NOITE DO CINEMA


Melhor Filme


"Estado de Guerra" bateu "Avatar" na 82.ª atribuição dos Oscares, arrebatando melhor realização e filme. Bridges e Bullock venceram a concorrência na interpretação, numa cerimónia apresentada pela dupla Steve Martin/Alec Baldwin.

Tom Hanks subiu depois ao palco para anunciar o melhor filme e não fez qualquer suspense: «Estado de Guerra» bateu de novo «Avatar» e Kathryn Bigelow - que já foi casada com Cameron - teve de voltar ao palco. Avatar ficou assim sem os principais Oscares da noite, ficando-se mesmo por categorias técnicas.


Melhor Realizador

A primeira mulher na história do cinema a conquistar o Óscar de melhor realizador não teve dúvidas em considerar aquele, «o momento de uma vida».
«Não há outra forma de descrever isto: é o momento de uma vida», começou por afirmar Kathryn Bigelow, quando subiu ao palco do Kodak Theatre para receber o prémio de melhor realizador.
«Antes de mais, é extraordinário estar na companhia de tão poderosos cineastas – os meus colegas nomeados – que me inspiraram, alguns dos quais, eu admiro há décadas».
Por fim, Kathryn Bigelow aproveitou para «dedicar este filme aos homens e mulheres que arriscam a sua vida diariamente no Iraque e no Afeganistão e em todo o mundo».


Melhor Actriz
Sandra Bulloc
k venceu o Óscar para melhor actriz, pelo desempenho em Um Sonho Possível. A actriz já tinha vencido há uns dias com a comédia All About Steve o prémio para pior actriz do ano entregue pelos Razzies.
«Mereci, de facto, ou só ganhei pelo cansaço», perguntou Bullock.


Melhor Actor
Ao fim de 40 anos de carreira, Jeff Bridges viu o seu talento finalmente reconhecido pela Academia e num discurso bem ao estilo de Dude - uma das suas personagens mais famosas - agradeceu aos pais por o terem «orientado para uma profissão tão fixe».




O grande derrotado da noite, foi AVATAR.

3 comentários:

disse...

:) I'm happy...
Estava mesmo a torçer pelo Estado de Guerra e a realizadora do mesmo...
Só faltou mesmo ganhar a Meryl Streep...
Bju

Miguel disse...

Grandes surpresas, não pelo Avatar, porque sempre desconfiei destes filmes super candidatos e cheios de efeitos especiais. Confesso que não conheço a maior parte dos filmes, como ainda o facto de -regra geral- raramente me seduzirem os vencedores. Quanto aos actores fiquei surpreso, pois não estava a ver, principalmente a Sandra a ganhar a estatueta, apesar de todo o talento que tem. Fiquei com vontade de conferir o filme. Quanto ao Up, um final esperado e merecido.

LopesCa disse...

Estive a ouvir o discurso da Sandra Bullock e gostei :)